Camisetas Guanabara.info !! Garanta já a sua!

[MEGArtigo] Como foi o open source e o Linux em 2009? [2o semestre]

Categorias: Notícias

21 comente
Tá olhando o quê? Fiquei um dia todo preparando esse post. Não gostou? Vai ler a Contigo!

Tá olhando o quê? Fiquei um dia todo preparando esse post. Não gostou? Vai ler a Contigo!

E, continuando a retrospectiva, aqui vai uma segunda, ainda mais longa (e completa) do que a anterior. Espero que gostem!

Julho

  1. Vídeo: Stallman e o funk(?) dos GNUs no FISL: O Alexandre Oliva, da FSFLA, filmou e mandou para o Br-Linux, e eu resolvi colocar o link aqui. Para quem acha que ele é apenas um velho ranzinza e chato (em 95% do tempo), acreditem… Ele tem bom humor. Veja a dança da liberdade no FISL, protagonizando um Gnu e o fundador do GNU.
  2. Ubuntu segue o Debian e vai manter o Mono: O projeto Mono, que é uma forma de termos C# e .Net no Linux, sempre foi foco de discussões homéricas: Alguns odeiam, outros adoram. O Ubuntu anunciou que vai manter aplicativos construídos com base no Mono na distribuição (como o F-Spot, o Banshee, etc). No caso do projeto Debian, a afirmação foi mais difusa. Dispensável dizer que o Stallman xinga o Mono com todas as suas forças.
  3. O projeto Open Graphics, cujo objetivo é produzir placas de vídeo com especificações livres e drivers também livres, vai produzir 10 primeiras placas para aprofundar os estudos.
  4. Lembram do rolo que falei antes, da briga Microsoft x TomTom, tudo por causa do FAT32 VFAT? Então, fizeram um patch no Linux para evitar essa patente. A medida tem caráter preventivo.
  5. O Google Chrome OS, sistema operacional do Google para netbooks é anunciado oficialmente. E a Acer, a Asus, a Toshiba, a HP e a Lenovo foram anunciadas como parceiras de hardware do Google para o Chrome OS.
  6. Essa eu falei por aqui: Firefox vai fazer o mesmo esquema do Chrome, e usará vários processos para aumentar estabilidade. É o projeto Electrolysis, que visa aproveitar melhor os processadores de vários núcleos.
  7. OpenSolaris pode ser descontinuado pela Oracle?: Esse é um boato forte, e boatos são boatos. Mas quando um boato sai num dos blogs da ComputerWorld, e ainda dizendo que tanto gente da Oracle quanto gente da Sun confirmaram… A coisa começa a ficar diferente. De qualquer forma, chegamos em 2010 e ele ainda não foi descontinuado – e espero que não seja.
  8. E o Google lança o Neatx, software de acesso remoto gráfico: Pouca gente deu bola para esse anúncio, mas o NeatX é um software que permite que uma máquina acesse a outra remotamente, inclusive acessando a parte gráfica. O mais conhecido é o VNC, mas também existe o NX, que é pago e pertence à empresa No Machine. O que o Google fez foi fazer um servidor NX open-source. Até onde apurei, ainda não dá para usá-lo com terminais Windows, infelizmente – eu estava doido para substituir as soluções que uso lá no trabalho….
  9. Esse foi o grande assunto de julho: A Microsoft lança – sob a GPLv2 – drivers Hyper-V para o kernel Linux. Sim, você leu certo: A Microsoft lançou seus drivers Hyper-V, para a inclusão no kernel do Linux. Isso é espantoso? Bem… O Linus Torvalds comentou o fato, mas há quem diga que, na verdade, o lançamento desses drivers seriam para corrigir uma violação prévia da licença GPL, e por isso a Microsoft liberou os drivers. Aí, eu não sei, mas um desenvolvedor achou isso, apontou e eles correram para liberar. Ah, então tá.
  10. Lançamentos: VirtualBox 3.0, com suporte a multiprocessamento, Direct3D 9 e OpenGL 2.0; kernel 2.6.30, e acham um exploit para ele! Quem disse que Linux não tem falhas de segurança? Sim, tem… Mas são corrigidas rápido.
  11. Enquanto isso, a Canonical coloca como open source o software Launchpad, que é uma plataforma de desenvolvimento de software colaborativo. Foi liberado sob a AGPLv3.
  12. Intel agora é a segunda maior fonte de código do kernel Linux: A Intel ultrapassou a Novell e a IBM e agora é a segunda maior contribuinte de código para o Linux, atrás apenas da Red Hat.
  13. Para quem acha que a maioria não dá bola para o crescimento do Linux, a Adobe faz duas apostas em código aberto, basicamente lidando com componentes relacionados ao Flash. Sim, a concorrência do Silverlight, embora seja mínima, já foi vista e está sendo combatida.
  14. E, por último, o GNOME 2.28 adota o WebKit como engine de renderização de páginas HTML. O Epiphany, navegador padrão do GNOME (e onde estou escrevendo esse post) já será migrado para o WebKit, em detrimento do Gecko, usado no Firefox.

Agosto

  1. ... e para outras coisas, existe Mastercard.

    ... e para outras coisas, existe Mastercard.

    Uma idéia boa: a Linux Foundation (sim, aquela ao qual o Maddog é o manda-chuva) lança cartão de crédito. Cada cartão ativado, e ela recebe US$50, fora um percentual de cada despesa paga com os cartões. Objetivo com isso? Investir em eventos da comunidade.

  2. Vocês devem ter ficado cientes do fato de que, na Europa, a Microsoft foi obrigada a dar a opção do usuário escolher o navegador a ser usado, no ato da sua instalação. Isso, e uma multa de quase 900 milhões de euros… E o diretor-técnico da empresa que produz o “melhor navegador do mundo que ninguém usa”, o Opera, diz que é desejável que o Mac OS X e o Ubuntu também ofereçam na sua instalação, a tela de seleção de navegador. Bem, eles não são monopólios, e tem versões do Opera nativos para elas. Afinal, segundo esse cidadão, “ter acesso a navegadores melhores é bom“.
  3. Nos Laboratórios Sandia estão fazendo uma simulação muito curiosa: Eles estão usando o WINE (o “emulador de Windows”) e o Linux para estudar o comportamento de uma botnet. Você sabe o que é uma botnet? Se não, clica aqui. Então, eles criarão 1.000.000 (sim, um milhão) de instâncias do Wine para fazer tal simulação, e usarão um supercomputador com 4480 processadores. Maneiro, não?
  4. E a famosa vulnerabilidade no BIND9, hein?Atualizem imediatamente, ou seus DNS irão tremer!
  5. E todo o hype em torno do Android, fazem algumas pessoas aloprar… Tem gente dizendo em embarcar o sistema do Google em eletrônicos domésticos, e logo! Apesar de estarmos em 2010, a idéia persiste, e já houveram demonstrações de geladeiras e fornos de microondas cujos sistemas de controle são Android. Depois eu posto por aqui a respeito.
  6. A Garra! (Se não entendeu, veja Toy Story)

    "A Garra!" (Se não entendeu, veja Toy Story 1 e deppois conversamos)

    Bacana, essa atitude: Todo mundo sabe que o Ubuntu surgiu do Debian, né? Então, o Mark Shuttleworth (Canonical/Ubuntu) oferece ao Debian Project desenvolvedores emprestados da Canonical. Segundo ele, assim seria possível que a Debian chegasse ao seu code freeze (congelamento de código, uma das etapas que antecede o lançamento de uma versão nova) em dezembro de 2009. Não sei se foi aceito, mas o Debian 6.0 (Squeeze, esse alienígena aí do lado) atrasou.

  7. Falhas, falhas, muitas falhas: Uma delas foi no WordPress, que permitia que a senha do administrador fosse resetada por estranhos. Outra falha famosa foi uma que ficou aberta por 8 anos! Um desenvolvedor apontou a falha, em maio de 2001. Mas só em agosto de 2009 ela foi corrigida. LAMENTÁVEL, acho que só a Microsoft seria capaz de deixar uma falha aberta tanto tempo. Se bem que era uma só, e a MS deixa algumas abertas há pelo menos tanto tempo quanto.
  8. E não é que o Lula gostou desse negócio de Software Livre, hein? O presidente disse que iria ao Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletrônico – Consegi 2009, que seria realizado em 26 de agosto, às 17h30, no auditório principal da Esaf, em Brasília. O meu receio foi colocado num comentário no Br-Linux: O problema é que se quem ganhar a próxima eleição for de orientação neoliberal, tudo isso vai por água abaixo. Então… Pensemos bem antes de votar.
  9. Dos lançamentos do mês, temos o Slackware Linux 13.0; o Skype 2.1, o MoonLight 2.0 (que implementa a API do Silverlight 2.0 e algumas partes do 3.0), e o OpenOffice.org beta com a cara do Office 2007. Só espero que seja opcional, pelo menos.
  10. Outro fato bacana é lembrar que o Unix comemorou 40 anos nesse mês, o aniversário do sistema operacional preferido por 10 entre 2 hackers.
É nóis na fita e os preiboi no devedê...

É nóis na fita e os preiboi no devedê...

Setembro

  1. Um dos maiores rebuliços foi saber que a Sony tirou o suporte a Linux na nova versão do Playstation 3, o PS3 Slim. Isso era um diferencial gritante para uma parcela pequena dos entusiastas, pois dava para instalar Linux no bicho. Só que a Sony cortou tudo, mas pelo menos ela se justificou. Logo agora que eu estava pensando em comprar um?
  2. Para quem é curioso, quem são os autores do código do Linux. Existem muitas empresas que pagam funcionários para desenvolverem código do kernel Linux. Em primeiro lugar, RedHat. Em segundo, a Intel. E por aí vai. Vale para matar a curiosidade.
  3. Con Kolivas, em carne, osso e scheduler.

    Con Kolivas, em carne, osso e scheduler.

    A volta dos que não foram! Alguém lembra do Con Kolivas? Ele é um médico anestesista australiano, e desenvolvedor do kernel Linux. Sim, isso mesmo que você leu. Ele se desentendeu com o pessoal do kernel, e resolveu cair fora. Agora, ele ressurge com um novo escalonador, o BFS, e que promete aumentar o desempenho em desktops. Boooooa! Inclusive foi feito uma bateria de testes de benchmarks do BFS

  4. Fundação Apache investiga invasão a seus servidores.
  5. Debian migra para o upstart, substituto do init padrão. O upstart é usado no Ubuntu, por exemplo.
  6. Microsoft lança sua própria fundação open source, com a participação do Miguel de Icaza. O curioso é que, na mesma semana que a M$ (com cifrão sim, qual o problema?) faz esse anúncio, ela faz uma tentativa frustrada de atacar o Linux via patentes de software. O objetivo da fundação criada pela Microsoft é colocar desenvolvedores dos modelos fechado e aberto para colaborar. Falei sobre isso no Guanabara.info, mais especificamente aqui, e rendeu mais de 200 comentários, o que foi divertido.
  7. Outra iniciativa bacana foi o TSE abrir inscrições para quem quiser tentar atacar as urnas eletrônicas. Sempre ouvimos que as urnas eletrônicas são seguras (por parte do TSE), e inseguras (por parte de todo mundo que tem dúvidas, e de todo o resto que quer jogar pedra no governo por nada). Então, o TSE deu a cara ao tapa, e permitiu que batessem. Os especialistas em segurança que quisessem, poderiam tentar quebrar o sistema da urna. Quem conseguisse, iria ganhar um prêmio em dinheiro. Ah, as urnas rodam Linux.
  8. Lançamentos: kernel 2.6.31; preview do GIMP 2.8, inclusive com a opção de interface de “janela única”, que nem o Photoshop. Ou seja, todos que dizem que não dá para viver sem o Photoshop, já podem pensar duas vezes. Ah, saiu também o Amarok 2.2 e o anúncio de que o Firefox 4.0 sai no fim de 2010. Por último, GNOME 2.28, lançado em 23 de setembro de 2009, e o RC1 do Mandriva Linux 2010. Fechando, DragonFlyBSD 2.4 saindo do forno e nova versão do Rockbox, firmware alternativo para iPods e outros players.
  9. VIA entra para a Linux Foundation, assim como a ARM.
  10. A Open Invention Network adquire mais 22 patentes que poderiam ameaçar o Linux.
  11. A Canonical promove o UHS – Ubuntu Hardware Summit – em Taiwan. Nada melhor do que ser lá, a maioria dos fabricantes de hardware lá estão baseados. Também falei disso por aqui.
  12. Microsoft confirma treinamento anti-Linux para lojistas dos EUA. É mole? Bem. outro post que eu fiz e deu MUITO barulho.
  13. E os Androids aportam no Brasil: O primeiro foi o Samsung Galaxy, a R$ 1799 desbloqueado. Depois vieram HTC, Motorola e LG. Sim, os robozinhos verdes estão entre nós, e mais baratos do que o iPhone 3GS da Oi… Cheguei a preparar um post para esse fato, mas não saiu do rascunho.
  14. Olhe no canto inferior esquerdo!

    Olhe no canto inferior esquerdo!

    O Linux dá mais um passo rumo à dominação mundial, com o Banco do Brasil usando Linux nos seus terminais de auto-atendimento.

  15. Phoenix fecha acordo com a Intel para incluir sistema Linux diretamente nas placas-mãe”: Diretamente da cobertura do iG Tecnologia: “A Phoenix Technologies, conhecida fabricante de BIOS para placas-mãe, anunciou uma parceria com a Intel para incluir seu ambiente desktop Hyperspace em placas-mãe equipadas com processadores Intel Atom 230 e 330, voltadas para uso em nettops: computadores de mesa de baixo desempenho, projetados principalmente para acesso à web”.
  16. Descobriram uma botnet formada por servidores web com Linux. Sim, Apaches zumbis. Segundo o pesquisador russo que descobriu, são um conjunto de servidores Linux (com distribuições variadas) comprometidos e convertidos em uma botnet para distribuir malware a navegantes desprevenidos usando Windows. Segurança neles, gente.
  17. O Stallman abre a boca novamente, e no Brasil, ele fala sobre imposição ideológica e diz que tecnologias proprietárias são “transgressão aos direitos constitucionais”. Mas não foi a única vez, esse mês…
  18. E agora o mesmo cidadão fala o que muitos realmente acham: Para ele, Miguel de Icaza seria “basicamente um traidor da comunidade de software livre”. Explicação: As posições atuais de Miguel de Icaza (co-fundador do GNOME em 1997, ganhador do Free Software Award da FSF em 1999, criador do Gnumeric) em relação ao software livre vêm sendo objeto de bastante debate, inclusive devido aos seus papéis atuais no projeto Mono e na Novell, e ao recente anúncio de que ele participa na nova “fundação open source” da Microsoft. O Miguel de Icaza, por sua vez, “responde” as críticas do Dr. Stallman no seu blog. O que eu acho? Alguns dizem que ele é o Anakin Skywalker do SL. Outros dizem que ele é realmente um traidor. Eu digo que as posturas dele soam no mínimo contraditórias, e que eu não gosto do que ele (Miguel de Icaza) anda fazendo AGORA. A sensação é que ele está cuspindo no prato que comeu, ao menos para mim e parte da comunidade. Mas também não bato palmas para o Dr. Stallman. Enfim… Uma confusão medonha. Recomendo a leitura desses comentários aqui e aqui, para pensar.
  19. E por último, mas não menos importante, o aniversário de 3 anos das tirinhas do Nerdson – parabéns! E, se não conhece, vai lá ler.

Outubro

  1. Da série curiosidadesLinux salva companhia de energia australiana. Não digo mais nada.
  2. Aniversários: 25 anos do X, a primeira GUI da praça, depois do Xerox Star: O X Window System comemorou o seu primeiro quarto de século, e numa palestra discutiu como as coisas estão, e para onde vão; Android completa um ano, e ele ainda não é tecnicamente “um sucesso”, já que muitos aparelhos com o sistema operacional móvel do Google estão ainda para chegar ao mercado.
  3. Ministério das Comunicações vai comprar 15.000 kits de 10 computadores para equipar telecentros. Será que rodarão Linux? Seria um contrasenso se não.
  4. Essa é nova: Extensão para Firefox que é um malware!
  5. Lançamentos: Milestone 8 do openSUSE 11.2 ; Wine 1.1.31, com grandes melhorias e correções para o Direct3D 10; Mandriva 2010 RC2, e finalmente, o Ubuntu 9.10.
  6. Microsoft e Red Hat firmam acordo para virtualizações de servidor, e eu falei disso por aqui.
  7. FreeBSD ganha componente do Snow Leopard, o Mac OS X 10.6. Esse componente é o Grand Central Dispatch. Estará no Linux? Provavelmente não, pois as licenças são incompatíveis.
  8. Novo carregador OLPC à base de energia de pedaladas de crianças. Isso mesmo, pedale, faça exercício e carregue a bateria do seu notebook infantil.
  9. Agora falta terem filhos e plantarem árvores...

    Agora falta terem filhos e plantarem árvores...

    Lançamento do livro “A Revolução do Software Livre”, escrito por um monte de gente (não, eu não participei desse, só desse outro livro aqui), mas bem que eu queria ler. Eu já li o “Voices From The Open Source Revolution“, anos atrás, e que é algo similar a esse.

  10. Depois, quando eu falo, ficam dizendo que eu sou preconceituoso… Mas olha o que o Washington Post disse:Use Linux para evitar fraude bancária. O colunista de segurança Brian Krebs, do Washington Post, recomendou que os clientes bancários considerem o uso de um LiveCD do Linux no lugar do Windows para acesso ao banco online. É mole?
  11. Interoperabilidade começando a acontecer: Um grupo de desenvolvedores do Samba v4 passou uma semana em Redmond para trabalhar com a Microsoft em interoperabilidade do Active Directory (AD). E não foram queimados num ritual macabro? Milagre… Olha o que esperava o Eric S. Raymond quando palestrou por lá… (É piada, tá?)
  12. Linus visita stand do Windows 7 montado na frente de evento de Linux no Japão. Sim, é o Linus mesmo. Aqui no Guanabara.info foi postado (não por mim), mas o melhor são os comentários… Leiam e riam à beça. E sobre o fato: Gente, o Linus é um cretino, dos mais bem-humorados que já vi. Eu não esperava algo muito diferente dele…
  13. Rumores: VMware vai lançar uma distribuição Linux? Não sabemos, mas o Miguel de Icaza (aquele, da discussão com o Stallman, aí em cima), diz que sim… Rumor, ainda trazido por ele? FAIL.
  14. E o Maddog no Roda Viva? Eu vi! Eu vi! Eu vi!. E foi muito boa. Se você quiser ver, tem esse link para uma cópia da entrevista no Youtube, uma alma caridosa montou uma playlist com toda ela.
  15. Symbian abre código de seu microkernel. É, a concorrência está grande nos smartphones, e parece que finalmente, depois de muito vai-e-vem, abriu-se o microkernel (EKA2) do Symbian (o SO mais popular do mundo dos smartphones – iPhone está em 3o lugar) foi liberado sob a licença Eclipse, juntamente com o um kit de desenvolvimento.

Novembro

  1. Não sou eu que estou dizendo, é o G1: Teste mostra que novo Ubuntu está simples para a maioria dos usuários. Mas ainda temos a inééééééééééééééééééééééééééércia das pessoas.
  2. Avança o fork do MySQL, o MariaDB. O criador desse fork é o próprio Monty Widenius, co-fundador da MySQL AB, e ele o iniciou quando anunciou que estava se desligando da Sun. Agora, por que “Maria”, eu não sei.
  3. Comparativo de tempo de boot entre Vista, Windows 7, Ubuntu 9.04 e 9.10 Divertido, no mínimo.
  4. E, na PC World, apresentaram Cinco razões que fazem o Ubuntu 9.10 melhor que o Windows 7. Comparativos são complicados, mas… Vale dar uma olhada.
  5. Lançamentos: Mandriva 2010 final, KDE 4.3.3openSUSE 11.2, Fedora 12, que colocou uma opção polêmica: Deixar usuários instalarem pacotes sem precisar de acesso root. Ou seja, usuários conectados diretamente ao console podem instalar pacotes de software assinados, de repositórios idem, sem precisar de acesso de superusuário. Mas isso foi cortado fora (graças a Deus). O GNOME 3.0 foi adiado para setembro. E recordar é viver: Cinco anos do lançamento do Firefox 1.0.
  6. Mais um rumor forte: Falam em abrir o código-fonte do Skype mas ninguém fala em datas. E o pessoal da Computerworld pegou um telefone, ligou para o Skype, para tirar a dúvida, se esse rumor (baseado em um e-mail entre um usuário de Mandriva e um técnico de suporte do Skype) tinha fundamento. O email foi esse: ” – Entendemos que muitos usuários reclamam por não existir uma versão para o Mandriva no presente. Estamos felizes por poder informar que o Skype, a partir de agora, irá fazer parte da comunidade open source. Portanto os desenvolvedores estarão habilitados a desenvolver o cliente do Skype para Linux, o que certamente resultará em versões específicas para as distribuições”. Então…
  7. Sony anuncia seu primeiro celular com Android. Até eles estão cedendo.
  8. Go: Google lança nova linguagem de programação, implementada em código aberto: Criada e mantida (por uma equipe dedicada de desenvolvedores) inicialmente para uso interno em aplicações de interesse da empresa, a linguagem Go agora é entregue a mais interessados em potencial. E aí, alguém vai?
  9. Lembram do rolo da Microsoft, com o software para Windows 7? Para quem não lembra, resumidamente: A Microsoft “pegou emprestado” código GPL para um utilitário do Windows 7, admitiu isso e disse que vai disponibilizar o código. E ela disponibilizou… Mais de um mês depois. Eu contei essa história bem aqui, no Guanabara.info.
  10. Cuba se prepara para trocar o Windows pelo Linux, mas sem pressa.
  11. A urna eletrônica resistiu aos testes do TSE. Parece que a urna aguentou as investidas dos hackers. O sucesso deve-se em parte ao Linux, segundo o próprio TSE
  12. Ah, lembram do Chrome OS? Então, o código do sistema operacional do Google já está aberto e disponível, numa versão pré-alfa, para que quem quiser, vasculhe, estude e use livremente, nos termos das licenças de código aberto aplicáveis, a partir do repositório src.chromium.org e das instruções no site do projeto. E sim, a Canonical tem participação intensa do desenvolvimento do Chrome OS.
  13. Uma nota triste: Faleceu Daniel Pádua, também conhecido como Dpadua, ativista da comunidade de SL no Brasil.
  14. Microsoft fecha acordo com o Yahoo, e o Rasmus Lerdorf, criador da linguagem PHP e empregado do Yahoo, caiu fora da empresa.
  15. E o mangá do Ubuntu, vocês lembram?

Dezembro

  1. Google prepara uma solução mágica para a questão dos drivers de impressoras, embora a situação dos drivers de impressoras mais comuns hoje bem encaminhada com o CUPS.
  2. O projetor multimídia com PC integrado (e Ubuntu) do MEC: Sd você não viu, VÁ VER. Muuuuuito interessante, projeto do MEc, só esperando uma empresa produzir.
  3. Habemus DirectX no ReactOS: ReactX já está funcional na versão Trunk Build 44341 do ReactOS. Lembram do ReactOS? Então, agora temos suporte a DirectX nele.
  4. KDE muda de nome, para KDE. Hein? Sim, o KDE era Kool Desktop Environment, que virou K Desktop Environment. Agora, é apenas KDE.
  5. Dell lança imagem de boot do Chrome OS para o seu netbook, o Dell Mini 10v. Peguem e testem.
  6. Quem disse que Linux não tem malware? Malware encontrado em um screensaver no Gnome-Look, site cheio de wallpapers, screensavers, ícones e outros enfeites para desktop, tinha um screensaver com malware. Sim, é possível, embora os danos cometidos possam ser minimizados.
  7. Lançamentos: Google Chrome beta para Mac e Linux. O navegador, não o sistema operacional; kernel 2.6.32, cheio de novidades; Thunderbird 3, o cliente de email que eu uso (e gosto de usar); Ubuntu Lucid Lynx Alpha 1, que será o Ubuntu 10.04; ReactOS 0.3.11, Mono 2.6 e MonoDevelop 2.2.
  8. Quem diria… Exército francês contribui com código para o Thunderbird. Legal!
  9. Escolhido o nome do Fedora 13, será Goddard.
  10. Dá para jogar Tuxracer aí?

    Dá para jogar Tuxracer aí?

    O menor computador que usa Linux. O tamanho? apenas 5mm × 19mm × 19mm (um pouco maior que um conector RJ45). Ele tem uma CPU ARM7 a 55 MHz, uma memória flash de 2 MB e 8 MB de memória SDRAM, executando o kernel 2.4.27 e uClinux Busybox 1.0. R0X!

  11. Em compensação, a equipe do grupo de pesquisa ASTRA, parte do Vision Lab na Universidade da Antuérpia, na Bélgica, anunciou a criação do FASTRA II, o supercomputador de mesa mais rápido do mundo. E tome placa de vídeo NVidia.
  12. E por falar em NVidia… o driver alternativo e aberto Nouveau estará no kernel 2.6.33. O Nouveau foi feito na base da engenharia reversa nos drivers de código fechado da nVidia, e será incluído no kernel Linux na versão 2.6.33. Uma vitória para os desenvolvedores.
  13. Stallman x GNOME: O projeto GNOME cogita sair do Projeto GNU, e virar apenas Gnome. Quer entender por quê? Clica no link e leia, pois a novela é grande.
  14. Agora, mais violação da GPL, e processos chovem: Mais 14 fabricantes de eletrônicos são processados por violação da licença GPL, e isso engloba gente como a Westinghouse, a Samsung, a Best Buy, entre outros. Quem move o processo é o SFLC (Software Freedom Law Center, e o software que provoca essa enxurrada de processos é o BusyBox (www.busybox.net).
  15. Lá vem futurologia: Android vai equipar mais de 50 novos smartphones em 2010, prevê estudo
  16. Essa nem eu sabia: Mark Shuttleworth deixará de ser CEO da Canonical a partir de março, e passará o cargo para a Jane Silber, atual COO da empresa.

Bem, é isso, gente. Comentem, falem, opinem… E se não gostarem, paciência. flames >> /dev/null.

Related Posts with Thumbnails

Comentar