Camisetas Guanabara.info !! Garanta já a sua!

Samsung Reclaim, o celular “biodegradável”

Categorias: Computação Verde, Inovações, Telecomunicações

12 comente
Capa Samsung Reclaim - clique para ampliar

A preocupação com o ciclo dos materiais na natureza tem se tornado evidente nos últimos anos, e o setor tecnológico aposta em componentes biodegradáveis para amenizar os danos já causados pela atividade humana. E a coreana Samsung, assim como outras fabricantes, está entrando no mercado de produtos feitos com “responsabilidade ambiental”. E esse importante passo foi dado com o anúncio do Samsung Reclaim. O handset é produto da parceria estabelecida entre a Samsung e a operadora norte-americana Sprint, que está assumindo mais custos que o comum para que o celular chegue mais barato às lojas, segundo David Owens, diretor comercial de produtos da Sprint Nextel Corp.

Samsung ReclaimO material que está presente em 80% da estrutura física do aparelho (excluindo-se tela, bateria e componentes eletrônicos) é um bioplástico, que tem o milho como ingrediente principal.
Ele conta com: acesso à internet, câmera de 2 Megapixels, bluetooth stereo, teclado deslizante no padrão QWERT, unidade para cartões MicroSD, navegador WAP da própria Sprint, Sistema Operacional chamado “Brew” e navegação GPS.
E mais, o carregador, aparentemente usará 12 vezes menos energia do que os carregadores padrão; e um sinal é emitido quando a carga estiver completa. Além disso, a embalagem onde o handset será vendido (foto acima) é feita com 70% de matérial reciclável e é impressa com tinta a base de soja; e o aparelho não vem com manual impresso.
O Samsung Reclaim será vendido em duas cores, “Earth Green” (verde) e “Ocean Blue” (azul), clique aqui ou aqui para ver os dois. Nos EUA, ele chega em uma semana (16/08) pelo preço estimado em US$50,00 com um plano contratual padrão de 2 anos; mas a assessoria de imprensa brasileira da Samsung não deu previsão da chegada do Reclaim por aqui.

Fontes: [Band Online / Techlider / Terra Tecnologia]

Related Posts with Thumbnails
  • Diego Soares-18 anos -Rj

    Show de bola, e sobre não vim com manual impresso e uma boa afinal ninguém usa essa porra mesmo. Em vez de gasta $$ com papel e bem, mas facio manda um cd com o manual, ou então colocava no site da empresa e ta bom de mas, e ecologicamente correto.

    [Responder]

    agosto 9, 2009 @ 4:37 am
  • que bom que ainda tem gente que se preocupa com o planeta.

    [Responder]

    agosto 9, 2009 @ 8:08 am
  • Joao Vitor Arruda I 13 anos I Fortaleza-CE

    Lega, e com pequenas acoes (ou celulares ¬¬`) que mudamos o mundo :-D . Pois a apple ja faz isso mas nao e o suficiente.

    [Responder]

    agosto 9, 2009 @ 11:21 am
  • Leonardo Tavares

    Com um aparelho como este que não prejudica tanto o meio ambiente eu não me preocuparia em gastar ate um pouco mais, são coisas como esta que merecem destaque. Boa iniciativa!

    [Responder]

    agosto 9, 2009 @ 3:00 pm
  • Bem legal o celular e o preço dela ta muito bom tambem, tirando o contrato de fidelidade deles la.

    [Responder]

    agosto 9, 2009 @ 5:37 pm
  • Juninho

    Mto loco o celular… mas sabendo como são as taxas aqui no Brasil… se lá custa 50 pratas… aqui vai custar no mínimo uns 900 reais fácil! Se não for mais!

    [Responder]

    agosto 11, 2009 @ 1:13 pm
  • Guilherme Sebold - 17 Anos - Loanda

    tinta a base de soja? eu não sabia que isso existia

    [Responder]

    agosto 12, 2009 @ 11:54 am
  • “milho como ingrediente”… só não deixe ele esquentar muito senão vita pipoca

    [Responder]

    agosto 15, 2009 @ 4:25 pm
  • Thales Luis - 21 anos - Juiz de Fora - MG

    Hoje em dia da pra fazer tudo com milho. De castigo pra crianças a celulares. Viva a tecnologia.

    [Responder]

    agosto 17, 2009 @ 1:51 pm
  • Gosto á Parte
    é um celular muito bom!

    [Responder]

    agosto 27, 2009 @ 6:11 pm
  • João Vitor

    nossa muito bom!!
    qndo lança aqui no Brasil?

    [Responder]

    setembro 29, 2009 @ 9:14 pm
  • eu queria saber se tem mais celular biodegradavel

    [Responder]

    novembro 3, 2011 @ 5:41 pm

Comentar